Translate

quarta-feira, 27 de maio de 2015

a

Mãe de aluna de Colegio Militar reclama de uso de livros esquerdistas impostos pelo governo. Propaganda comunista aceita pelos CM

MÃE   DE   ALUNA   DENUNCIA:   COLÉGIO   MILITAR   DO   RIO DE JANEIRO   PASSOU   A   UTILIZAR   MATERIAL   DIDÁTICO   DE   ORIENTAÇÃO   COMUNISTA!
por PERCIVAL PUGGINA - Relato feito por mãe de aluna do CMRJ. Artigo publicado em 07.05.2015
Olá Percival. Queria lhe comunicar algo, ou mesmo pedir ajuda, pois sei que muitos o escutam. Bom, minha filha estuda no Colégio Militar do Rio de Janeiro, que hoje, inclusive, faz aniversário - o famoso 6 de Maio do Colégio Militar - e até Jacques Wagner, o Ministro da Defesa, veio para festa.
No entanto, o Exército enfrenta uma verdadeira guerra silenciosa contra suas escolas, e os CMs são os primeiros a sentir seus efeitos. Há anos, esses colégios adotam livros de História e Geografia escritos por historiadores militares e publicados pela BibliEx. Os livros eram ótimos e atendiam perfeitamente as convicções da grande maioria dos famílias cujos filhos frequentam os Colégios Militares.
Pois bem, uma professora concursada e com forte tendência marxista veio a público, em 2014, reclamar sobre o termo contra-revolução de 64 ao invés de golpe militar usado nos livros adotados até então nos CMs. O governo, que já vinha pressionando, aproveitou a oportunidade. Fez uso da força que tem e impôs aos colégios a adoção de material bem diferente para 2015.
Consequência: desde fevereiro deste ano, minha filha está sendo levada a acreditar, como aluna do Colégio Militar, que o capitalismo é a mal do mundo e o socialismo só caiu por força da pressão americana. Esse é o conteúdo do livro de Geografia, mas o de História é muito pior, é nauseante! O autor consegue a proeza de transformar todo e qualquer conteúdo em luta de classes.
Estou muito triste e não sei o que fazer. Já passei mensagens para vários amigos cujos filhos estudam lá pedindo que na sexta dia 8/5, durante reunião de pais e mestres, discutam com os professores, avisem aos mesmos que não aceitaremos gramscismo na sala de aula de nossos filhos. Sei que muitos profissionais não compactuam com essas ideias; há alguns professores que inclusive não estão usando o material imposto pelo governo. Infelizmente, porém, há profissionais que abraçam o marxismo e devem estar usando e abusando dos livros esquerdistas impostos a todos nós, alunos e seus familiares.
Esses professores marxistas são nada mais nada menos que capitalistas vulgares que se vendem ao contra-cheque e permanecem atuando em uma instituição centenária à qual repudiam. São hipócritas vendidos. O que fazer? Será que o Exército está perdendo essa guerra? Estou muito preocupada. Claro que gostaria muito que você escrevesse sobre isso alertando a todos. Posso lhe mandar o nome dos livros adotados. Muito obrigada. (Omito o nome da mãe, em proteção a ela e à filha).
_____________
* Percival Puggina (69), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de Zero Hora e de dezenas de jornais e sites no país, autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia e Pombas e Gaviões, integrante do grupo Pensar+.



Avast logo
Este email foi escaneado pelo Avast antivírus.
www.avast.com

Por Alexandre Garcia

VERDADE !!!

BandeiraTremulando
Por Alexandre Garcia
Gostaria de dizer algumas coisas sobre o que aconteceu no dia 31/03/1964 e nos anos que se seguiram. Porque concluo, diante do que ouço de pessoas em quem confio intelectualmente, que há algo muito errado na forma como a história é contada. Nada tão absurdo, considerando as balelas que ouvimos… sobre o “descobrimento” do Brasil ou a forma como as pessoas fazem vistas grossas para as mortes e as torturas perpetradas pela Igreja Católica durante séculos.
Mas, ainda assim, simplesmente não entendo como é possível que esse assunto seja tão parcial e levianamente abordado pelos que viveram aqueles tempos e, o que é pior, pelos que não viveram. Nenhuma pessoa dotada de mediano senso crítico vai negar que houve excessos por parte do Governo Militar. Nesta seara, os fatos falam por si e por mais que se tente vislumbrar certos aspectos sob um prisma eufemístico, tortura e morte são realidades que emergem de maneira inegável.
Ocorre que é preciso contextualizar as coisas. Porque analisar fatos extirpados do substrato histórico-cultural em meio ao qual eles foram forjados é um equívoco dialético(para os ignorantes) e uma desonestidade intelectual (para os que conhecem os ditames do raciocínio lógico). E o que se faz com relação aos Governos Militares do Brasil é justamente ignorar o contexto histórico e analisar seus atos conforme o contexto que melhor serve ao propósito de denegri-los.
Poucos lembram da Guerra Fria, por exemplo. De como o mundo era polarizado e de quão real era a possibilidade de uma investida comunista em território nacional. Basta lembrar de Jango e Jânio; da visita à China; da condecoração de Guevara, este, um assassino cuja empatia pessoal abafa sua natureza implacável diante dos inimigos.
Nada contra o Comunismo, diga-se de passagem, como filosofia. Mas creio que seja desnecessário tecer maiores comentários sobre o grau de autoritarismo e repressão vivido por aqueles que vivem sob este sistema. Porque algumas pessoas adoram Cuba, idolatram Guevara e celebram Chavez, até. Mas esquecem do rastro de sangue deixado por todos eles; esquecem as mazelas que afligem a todos os que ousam insurgir-se contra esse sistema tão “justo e igualitário”. Tão belo e perfeito que milhares de retirantes aventuram-se todos os anos em balsas em meio a tempestades e tubarões na tentativa de conseguirem uma vida melhor.
A grande verdade é que o golpe ou revolução de 1964, chame como queira, talvez tenha livrado seus pais, avós, tios e até você mesmo e sua família de viver essa realidade. E digo talvez, porque jamais saberemos se isso, de fato, iria acontecer. Porém, na dúvida, respeito a todos os que não esperaram sentados para ver o Brasil virar uma Cuba.
Respeito, da mesma forma, quem pegou em armas para lutar contra o Governo Militar. Tendo a ver nobreza nos que renunciam ao conforto pessoal em nome de um ideal. Respeito, honestamente. Mas não respeito a forma como esses “guerreiros” tratam o conflito. E respeito menos ainda quem os trata como heróis e os militares como vilões. É uma simplificação que as pessoas costumam fazer. Fruto da forma dual como somos educados a raciocinar desde pequenos. Ainda assim, equivocada e preconceituosa.
Numa guerra não há heróis. Menos ainda quando ela é travada entre irmãos. E uma coisa que se aprende na caserna é respeitar o inimigo. Respeitar o inimigo não é deixar, por vezes, de puxar o gatilho. Respeitar o inimigo é separar o guerreiro do homem. É tratar com nobreza e fidalguia os que tentam te matar, tão logo a luta esteja acabada. É saber que as ações tomadas em um contexto de guerra não obedecem à ética do dia-a-dia. Elas obedecem a uma lógica excepcional; do estado de necessidade, da missão acima do indivíduo, do evitar o mal maior.
Os grandes chefes militares não permanecem inimigos a vida inteira. Mesmo os que se enfrentam em sangrentas batalhas. E normalmente se encontram após o conflito, trocando suas espadas como sinal de respeito. São vários os exemplos nesse sentido ao longo da história. Aconteceu na Guerra de Secessão, na Segunda Guerra Mundial, no Vietnã, para pegar exemplos mais conhecidos. A verdade é que existe entre os grandes Generais uma relação de admiração.
A esquerda brasileira, por outro lado, adora tratar os seus guerrilheiros como heróis. Guerreiros que pegaram em armas contra a opressão; que sequestraram, explodiram e mataram em nome do seu ideal. E aí eu pergunto : os crimes deles são menos importantes que os praticados pelos militares ? O sangue dos soldados que tombaram é menos vermelho do que o dos guerrilheiros ? Ações equivocadas de um lado desnaturam o caráter nebuloso das ações praticadas pelo outro ? Penso que não. E vou além.A lei de Anistia é um perfeito exemplo da nobreza que me referi anteriormente. Porque o lado vencedor(sim, quem fica 20 anos no poder e sai porque quer, definiti-vamente é o lado vencedor)concedeu perdão amplo e irrestrito a todos os que participaram da luta armada. De lado a lado. Sem restrições. Como deve ser entre cavalheiros. E por pressão de Figueiredo, ressalto, desde já. Porque havia correntes pressionando por uma anistia mitigada.
Esse respeito, entretanto. Só existiu de um lado. Porque a esquerda, amargurada pela derrota e pela pequenez moral de seus líderes nada mais fez nos anos que se seguiram, do que pisar na memória de suas Forças Armadas. E assim seguem fazendo. Jogando na lama a honra dos que tombaram por este país nos campos de batalha. E contaminando a maneira de pensar daqueles que cresceram ouvindo as tolices ditas pelos nossos comunistas. Comu-nistas que amam Cuba e Fidel, mas que moram nas suas coberturas e dirigem seus carrões. Bem diferente dos nossos militares, diga-se de passagem.
Graças a eles, nossa juventude sente repulsa pela autoridade. Acha bonito jogar pedras na Polícia e acha que qualquer ato de disciplina encerra um viés repressivo e antilibertário. É uma total inversão de valores. O que explica, de qualquer forma, a maneira como tratamos os professores e os idosos no Brasil. Então, neste dia 31 de março, celebrarei aqueles que se levantaram contra o mal iminente. Celebrarei os que serviram à Pátria com honra e abnegação. Celebrarei os que honraram suas estrelas e divisas e não deixaram nosso país cair nas mãos da escória moral que, anos depois, o povo brasileiro resolveu por bem colocar no Poder.
Bem feito. Cada povo tem os políticos que merece.
Se você não gosta das Forças Armadas porque elas torturaram e mataram, então, seja, pelo menos, coerente. E passe a nutrir o mesmo dissabor pela corja que explodiu seqüestrou e justiçou, do outro lado. Mas tenha certeza que, se um dia for necessário sacrificar a vida para defender nosso território e nossas instituições, você só verá um desses lados     ter honradez para fazê-lo.

VALE A PENA, SEMPRE, RECORDAR OLIMPIO MOURÃO FILHO

. Olímpio Mourão Filho

"Ponha-se na presidência qualquer medíocre, louco ou semi-analfabeto e vinte e quatro horas depois, a horda de aduladores estará à sua volta, brandindo o elogio como arma, convencendo-o de que é um gênio político e um grande homem, e de que tudo o que faz está certo. Em pouco tempo transforma-se um ignorante em um sábio, um louco em um gênio equilibrado, um primário em um estadista. E um homem nessa posição, empunhando as rédeas de um poder praticamente sem limites, embriagado pela bajulação, transforma-se num monstro perigoso."
(MOURÃO FILHO, Olímpio. Memórias: a verdade de um revolucionário. Porto Alegre, L&PM, 1978. Pag. 16)

POSTADO EM BOA HORA NO BLOG DO LICIOI MACIEL

GBOEX – UMA ARAPUCA

GBOEX cópia

ESTE É O CHEFE DA QUADRILHA DO GBOEX

PREZADO DR. FERNANDO ALMEIDA – FAVOR CONTATAR O CORONEL PÉRICLES CUNHA  periclescunha@gmail.com QUE JÁ MOVEU AÇÃO CONTRA A ARAPUCA E SABE TUDO SOBRE O CASO, INCLUSIVE FUNDOU UMA ASSOCIAÇÃO COM O FIM DE ACABAR COM A ARAPUCA. Aqui no meu blog, entre em pesquisar gboex e leia lá todo o processo. VOU ENCAMINHAR A ELE ESTA SUA MENSAGEM. COM VOTOS DE MUITO SUCESSO. FORTE ABRAÇO.
Visando uma reação contra a insidiosa operação que o GBOEX está fazendo ao forçar seus velhos associados a pedirem …
Boa Tarde ! Meu nome é FERNANDO JORGE ALMEIDA , brasileiro, advogado, diante de tantas declarações feita aqui, fico estrecido, de vê que neste País nada tem seriedade. Afinal este “GBOEX” , PREVIDÊNCIA DE SEGURO DE PESSOAS, “Grêmio Beneficente” . É um plano feito por quem, pelas FORÇAS ARMADAS, ou por quem ?
À minha Genitora é associada há mais de 40 anos deste Grêmio Beneficente intitulado ” GBOEX” e recebeu um oficio, comunicando à Liquidação da “CIA. CONFIANÇA ” , Conforme Portaria SUSEP nº 6.119 de 18 de dezembro de 2014, publicada no Diário Oficial da União nº 246, de 19-12-2014.
Comunicando que assinou contrato com à ” MONGERAL AEGON SEGUROS E PREVIDÊNCIA”. Para dar continuidade às coberturas de seguros agregadas ao pecúlio, junto aos seus quadro de associados, que também é empresa centenária, com ampla atuação no mercado, à qual assumiu desde 19 de dezembro de 2014, as garantias das apólices de seguros pessoais das quais o “GBOEX” é o estipulante. Que oferece ao seu associados tranquilidade e segurança já estabelecida em seus Planos vigentes. Permanecendo assim inalterados os planos dos associados do pecúlio que possuem. Confirmando o compromisso que eles tem em assegurar o futuro das famílias dos associados, proporcionando proteção e segurança pare os beneficiários.
Ora temos uma legislação vasta em nosso ordenamento jurídico no nosso País, para entrarmos como uma ação competente contra este “GBOEX ” casso esteja descumprindo o contrato, usando forma fraudulenta com seus contribuintes e associados.
Casso já tenha sido demandada alguma Ação Coletiva contra esta Empresa, gostaria de ser informado.
Ou nos unirmos formando grupos, para podermos fazer uma Ação em Conjunto contra á GBOEX, para que desta forma possamos ingressar com à demanda de uma Ação competente no Poder Judiciário, desta forma só assim poderemos vê salvaguardando os direitos adquirido de todos associados demandantes. Me coloco a disposição de todos associados para compor ou propor á almejada Ação, bem como participar de algum grupo já formado. Nosso e-mail para contato é caji.fer.almeida@gmail.com e nossos telefones para contato são (98) 999061716 ou 981593399 .
Att. Centro de Assessoria Jurídica e Imobiliária
Fernando jorge Almeida
Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário


por
 

FFAA1
FFAA mudas (coniventes – não estou nem aí).
Brasileiros desesperados (à beira da miséria – nada funciona, a não ser a máquina de cobrar impostos – Não têm a quem recorrer).
Políticos felizes (como sempre).
Militares em reuniões para contar anedotas…
O Jean Sablon da Dilma mente descaradamente e os cmts das 3 Forças, principalmente o do EB, presentes, coçam os bagos…enquanto a plateia vaia… è bonito isso? (pergunta inocente de um conhecido humorista…).
ONDE IREMOS PARAR? ou já paramos???
PENSANDObem




Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

TUTANCALULA


​Mais um escândalo
O CASO DA ODEBRECHT PEGOU O DR LULA NA LAVAJATO.
ATÉ QUE AFINAL O MOLUSCO SE FERROU!!!
 967dfefc4459127a
Área de anexos
Visualizar o anexo 967dfefc4459f27a33200739d95688aa.mp4
967dfefc4459f27a33200739d95688aa.mp4
4.3 MB
Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

PF DEFLAGRA 13ª FASE DA LAVA JATO

lULLA4
sbc
* * *
Atenção, bem informados leitores do JBF: não existe o menor fundamento no boato dizendo que este mandado de prisão preventiva seja dirigido a um envolvido que mora em São Bernardo do Campo.
É mentira!
Por “subversão” ele já andou num camburão. Só que fumando, à vontade, escoltado por Tuminha, o Improcessável, e servindo de alcaguete com o codinome Barba.
lula no camburãoLula-foto-3-x-4-dops
Barba no camburão do DOPS, escoltado por Tuminha, aquele que sabe das coisas
Agora, por “corrupção” ele ainda não foi preso. Por enquanto.
Todavia, está chegando novamente o dia em que ele vai passear de camburão. Sem regalia alguma. E inteiramente à vontade para dedurar, mais uma vez, a cumpanherada.
O mandado de prisão dele sairá oportunamente, logo após a devessa que o Ministério Público está fazendo no esgoto BNDES-Odebrecht. Para saber mais detalhes sobre esta novo esgoto, clique aqui
Ou, talvez, o camburão só chegue a São Bernardo no próximo escândalo que virá após Mensalão, Petrolão e BNDES.
Fonte: luizberto.com